Essa é a história de um casal muito feliz que já
estão juntos a 5 anos. Já estávamos morando juntos a 4 anos e com uma filhota de 4 aninhos, quando resolvemos oficializar a União e foi a partir deste momento que surgiu o Blog Aline & Luciano. Criado para registrar todas as etapas e preparativos para o "Big Day".

Ana Clara fruto da nossa união é a razão do nosso viver.

Ela é tudo na nossa vida e a esperança de
que o pior dia pode ser o melhor quando se tem o sorriso e o amor de um filho.



Q
**********************
**************************
"Eu tenho tanto pra lhe falar,
mas com palavras não sei dizer,
Como é grande o meu amor por você...."





Quanto tempo juntos?
l
l
l
l
l
l

"Deus me deu você para amar,
Deus nos deu um lar pra edificar,

Nossas vidas consagramos a Deus,
Pra vivermos sempre nos caminhos seus,
Tudo que nós temos é Deus quem dá,
Nada poderá nos separar,
Um lar feliz Jesus nos dá"

(Cassiane e Jairinho)
QUEM SOMOS,

Luciano Barreira
Idade: 40 anos
Time: Tricolor
Ele é: Calmo, calmo, calmo... mais calmo toda vida! Agora quando ele se extressa.... Para de falar. Companheiro, um pai excelente, um maridão (nem reclama que não tem comida!) agora seu hobby favorito:tchan!tchan!tchan!tchan! Tomar SKOLL é claro!

Aline Louzada
Idade: 28 anos
Time: Tricolor
Ele é: Ansiosa, extressada, agitada, nervosa, mais muito amorosa. Amiga, mãezona, boa dona de casa, Bom! só não gosto de passar e fazer comida, mas adoro arrumar uma casa (Ainda bem que tem a Tânia pra me ajudar! O que seria de mim sem ela...). Meu hobby favorito:tchan!tchan!tchan!tchan! dormir, é claro! Mas já estou aprendendo a apreciar com moderação.



Nossas Datas:


Começamos namorar:01/06/2002
Passamos a morar juntos:01/06/2003
Nascimento nossa filha:23/11/2003
Batizado da nossa filha:12/02/2004
1º ano da nossa filha: 23/11/2004
Nosso casamento Oficial: 21/05/2008


domingo, 27 de julho de 2008

Agora é hora da Festa!

Acabamos as fotos e o garden bus nos levou até a parte de trás do salão, e nessa viagam nós víamos os convidados já no salão, meus pais e a mãe do Luciano na entrada recebendo os convidados, e as luzes, que coisa linda! O SALÃO ESTAVA TODO ILUMINADO!! Lindo de ver, por mais uma vez fiquei em órbita! A visão do salão como um todo e da distância com que estávamos era maravilhosa, ali estava o meu sonho! Tudo da forma com que tanto planejei, cada detalhe, cada iluminação, cada ilha da decoração, enfim cada cantinho decorado foi milimetricamente pensado.
Chegamos aos fundos, subimos uma escada e estávamos no topo. Eh! agora tínhamos uma visão panorâmica e provilegiada. Víamos os convidados entrando e os que já estavam acomodados, os garçons já haviam iniciado os trabalhos e os convidados pareciam estar bastante empolgados e também dislumbrados com o que estavam vendo. Fiquei por alguns instantes parada escondidinha lá do alto observando tudo, que nem escutei quando o Luciano me chamou, disse ele que pelo menos umas 3 vezes já tinha chamado pelo meu nome e eu nem "tchum". Quando ele me segurou pela mão e disse: O que tanto você olha aí?, mais que imediato respondi: Nossa festa está linda! Está tudo do jeitinho que eu pedi!!!, ele me abraçou e nesse momento eu chorei, chorei, mais chorei de soluçar... Esse momento foi único e nosso! não tinha ninguem junto a nós, esse foi o nosso momento! Ninguém viu, ninguém soube, mais chorei e muito! O Luciano por duas vezes disse: Para amor! De repente o Leonardo Simplício chegou perto para nos mostrar a montagem pronta da "CAPAS" seria a capa de revista que cada convidado receberia como lembrança. Tinha ficado linda! Mais ele precisava da nossa aprovação para começar a imprimir a dos convidados. Logo o garçon veio com bebida pra gente, aí bebi um pouquinho para relaxar, o Audi e a Vânia Santana (funcionários do Garden, excelentes!!!) também se aproximaram para nos dar os parabéns pela festa, aí eu já relaxei de vez! Logo começou a chegar os meninos do Samba com Atitude, pontualíssimos!!! Pedi para eles ficarem a vontade e a Vânia disse que um garçon ficaria exclusivo para servir tanto aos músicos do samba com atitude tanto a equipe do Leonardo Simplicio, então fiquei sossegada. O Elluy começou o cântigo de núpcias e aí fiquei novamente bem concentrada escutando o que ele estava falando. Logo ele pediu aos convidados que prestassem atenção no clip que iria iniciar no telão. Não consegui ver muita coisa no telão, pois a posição que nós estávamos não dava para visualizar bem, mais fiquei quietinha só escutando a música. Logo que acabou o clip o Elluy nos chamou e aí meu coração disparou segurei a mão do Luciano e disse: É nossa vez!, apontamos na rampa e começei a escutar, o Zeca! Isso mesmo Zeca Pagodinho, Quando a Gira Girou, foi com essa música que descemos a rampa. Descemos cantando e na metade da rampa, paramos e nos beijamos, a galera foi ao delírio, em seguida terminamos de descer. Chegando no final da rampa demos uma paradinha e foi a hora dos fogos in door iluminarem o salão, mais um momento iluminado! Quando os fogos se acabaram fomos para a pista de dança e alguns muitos olhos estavam lá nos esperando e cantando junto com a gente, eram muitas as pessoas, não deu para visualizar muito bem, mais me lembro bem da minha mãe se acabando e gritando o nosso nome, Ana Clara também veio logo ao nosso encontro e já estava de roupa trocada agora com o vestido igualzinho da Duda. A equipe do Garden foi quem trocou ela direitinho, eu nem sabia que elas fariam isso. É lógico que Ana Clara não ficaria com a roupa de borboleta por toda a festa mais achei que eu iria ter que pedir minha mãeu para trocá-la. Que nada! O pessoal de lá é muito eficiente!
Acabou o Zeca e fomos para o degrau a frente do bolo, e o Elluy começou a contar nossa história. Como nos conhecemos, falou sobre nossas características, nossas diferenças, eu Mocidade Independente de Padre Miguel e ele Beija Flor de Nilópolis, mais também temos em comum, somos torcedores do Fluminense, nense, nense!!!! Vou dar uma paradinha aqui porque vou ter que sair mais volto logo para contar o resto, ok?

domingo, 20 de julho de 2008

Meu Relato - Parte VII - Quanta Emoção!

Logo que terminamos os votos, começei a escutar a introdução da música "Lar Feliz". Essa foi a 1ª escolha que fiz antes mesmo de pensar em tornar o sonho CASAMENTO, em realidade. Deixe-me explicar! A mais ou menos 2 anos atrás, fui ao casamento de uma amiga minha e escutei a música Lar Feliz na cerimônia dela. Não consegui me segurar, chorei bastante durante a cerimônia por conta dessa música e me lembro como se fosse hoje que na mesma hora olhei para o Luciano e disse: "Se um dia nos casarmos, quero que seja no Garden Party e vou colocar essa musica para tocar na cerimônia". Depois desse dia, passei a escutar a música por diversas vezes e já cehguei a escutá-la 8 horas num dia, eu e minha amigona Simone (durante nosso expediente de trabalho). Essa música passou a ser uma inspiração pra mim, e por alguns anos, alguns anos não! Para sempre passou a fazer parte da minha vida! Como esperei o dia de poder escutá-la na MINHA CERIMÔNIA DE CASAMENTO! Então, esse foi um momento ímpar para mim no meu "Big Day" e foi nesse momento que meus olhos se encheram de lágrimas e eu chorei!
Quando a orquestra começou a introdução da música, foi instantâneo, meus olhos se encheram, e a lágrima tão contida e que por diversas vezes respirei fundo para não deixá-la cair, escorreu sobre o meu rosto. Não dava mais para segurar! Minha boca tremia e eu mordia insistentemente meus lábios de tanta emoção. Essa música traduz a nossa história e acho ela simplesmente completa! É mais ou menos assim:
Lar Feliz
Muita gente me pergunta,
Porque eu sou tão feliz,
Eu respondo porque eu encontrei,
O amor que eu sempre quis.
A expressão de alegria,
No meu rosto é pra valer,
E esse amor que bate forte eu,
Guardei só pra você.
Sou feliz porque meu Deus, faz por mim sempre o melhor,
E o melhor para mim é ter você, comigo!
Deus me deu você para amar,
Deus nos deu um lar pra edificar,
Nossas vidas consagramos a Deus,
Pra vivermos sempre nos caminhos teu,
Tudo que nós temos é Deus quem dá,
Nada poderá nos separar,
Um Lar Feliz, Jesus nos dá!
(Cassiane e Jairinho - Cantores Gospel)
Cantei mesmo chorando a música todinha em acompanhamento a orquestra. A voz feminina da orquestra era lírica e imaginem... Foi um espetáculo! Eu cantava e olhava para o Luciano e naquele momento toda a nossa história veio a minha mente, erámos realmente feliz, e tínhamos graças a Deus tudo o que um casal poderia ter, O AMOR, UMA FAMÍLIA E SAÚDE! GRAÇAS A DEUS! Momento incomparável esse! Quanto tempo eu esperei por esse momento, imaginem! Eu nem mesmo sonhava em realmente tornar realidade o meu sonho de casamento, quando jurei para mim mesma que essa música faria parte da minha cerimônia religiosa. Só eu sei o quanto eu havia esperado por aquele momento e foi por isso que não consegui conter as lágrimas. Logo em seguida veio o momento das assinaturas, primeiro fomos eu e o Luciano em seguida o casal lindo, meu dindo Edson e Maninha (Minha tia Kátia), escolhidos a dedo e sem dúvida escolha mais que merecida. Logo depois seguimos para os cumprimentos. Olhando atentos os nossos padrinhos estavam, também pareciam estar vivendo um momento único. Os olhares diziam isso! Alguns já estavam chorando de emoção antes mesmo de chegarmos neles! Que coisa maravilhosa, foi poder abraçar um a um e escutar de cada um uma palavra amiga cheia de carinho. Me lembro bem do abraço tão apertado que dei na minha mãe e disse bem baixinho no ouvido dela: "Obrigada pelo dom da vida e pela guerreira que é!" Olhei para ela e ela estava com os olhos atentos e cheio de lágrimas. Meu pai tinha as mãos trêmulas e um sorriso amarelo, parecia não estar acreditando em tudo o que estava vivendo, assim como eu! Depois dos cumprimentos voltamos para as nossa posição e ajoelhamos para ouvir as palavras do pastor Salomão. Palavras de amor, união e de paz! Eternas ficarão em nossos corações e em nossas mentes para todo o sempre. Em seguida nos viramos para sair por aquele enorme tapete vermelho, enfim CASADOS! Demos mais ou menos uns 10 passos, quando ouvimos o pastor chamar: "Aline, Luciano!" Estávamos um pouco antes da metado do tapete, e só viramos o pescoço para trás, quando o Pastor Salomão em meio a tanta emoção , realmente nos deu a benção final! LINDO! INCRIVELMENTE LINDO! Ninguém esperava, ninguem imaginava, o sonho parecia ter chegado ao fim, mais na verdade ainda não! Momento único e talvez o mais falado depois de tudo pelos convidados! Foi realmente muito diferente e bonito! Tem até uma foto da gente nessa posição recebendo a benção! Talvez eu não tenha conseguido explicar direito mais foi realmente uma emoção a parte. Acabada a explanação nos viramos novamente a orquestra voltou a tocar "É preciso saber viver" foi essa a nossa música de saída e voltamos a caminhar em direção a saída quando começei a sentir aquela chuva de arroz em formato de coração sobre nós, lindo, lindo! O arroz em formato de coração se misturou aquela enorme e linda chuva de prata, e foi como uma lavada de alma após tudo de lindo que vivemos! flasches e mais flasches, estávamos como astros de Hollywood, todos nos olhando, cada sorriso mais lindo que o outro, e ETERNAMENTE FELIZES nós seriamos daquele momento em diante. Em seguida tiramos algumas fotos do lado externo, enquanto os convidados seguiam para o salão. Eu me lembro de falar por alguma vezes ao Flávio, vamos logo! Não quero demorar muito, vou curtir essa festa do ínicio ao final como nunca eu curti nada tão intensamente na minha vida! Quero bebemorar! E foi assim que fiz! No próximo post começo a contar da festa, que também foi um AR-RA-SO!
Espero que tenham gostado, aguardo os coments ANSIOSAMENTE!!!!!!!

segunda-feira, 7 de julho de 2008

Meu Relato - Parte VI - As alianças!

Tão inspirado estava o pastor Salomão no dia 21/05. Ele iniciou a cerimônia com um sermão maravilhoso sobre o amor e a todo momento ele fazia trocadilhos entre a música que eu tinha acabado de entrar cantando e as sábias palavras da biblia. Com uma voz aveludada e tranquila, como ele disse palavras lindas! Confesso que por alguns momentos me desliguei de tudo e ficava olhando as minhas madrinhas e padrinhos lindos, sentadaos metade a cada lado. Assim como eu os olhava eles também me olhavam cada um a sua maneira, estávamos todos deslumbrados. Eu e o Luciano ficamos um bom tempo de mãos dadas e atentos as palavras maravilhosas do pastor. Por umas duas vezes apertei forte a mão dele e ao mesmo tempo como respondendo a mim ele também apertava a minha mão. Eu queria era me beliscar para ver se realmente era verdade tudo o que estava acontecendo. Deus realmente tocou o pastor Salomão e tudo o que ele nos disse caiu como uma luva e não teve quem não prestasse atenção. Eu se quer ouvia um murmurinho estavam todos muito atentos. Chegou então a vez das alianças! Nesse momento ele perguntou: Cadê as alianças o símbolo máximo do matrimônio? Que entrem as alianças! Nesse momento a orquestra começou a tocar e meu coração batia forte, nos viramos imediatamente e ficamos a espera da Ana Clara. A orquestra tocou pelo menos uns 2 minutos e nada de Ana Clara aparecer, começei a ficar nervosa cheguei perto do ouvido do Luciano e disse: O que será que aconteceu? Será que ela está chorando? Mais que depressa um dos organizadores da cerimônia vendo a minha expressão de nervosismo chegou pertinho da gente e disse: Calma ela está vindo! É que estão vindo devagar porque ele está de pé na mini carruagem! Ufa! Respirei aliviado, estava pensando em milhares de coisas!!! Em seguida a mensagem de alivio do rapaz, aponta a mini carruagem, com aqueles cavalinhos brancos quase alvos, de longe eu já via as enormes asas de borboleta e um cochicho entre os convidados. Ninguém esperava ver ela vindo em uma mini carruagem e ainda vestida de "Fada Borboleta". Logo a mini carruagem parou e de longe li os lábios da Ana Clara dizendo ao rapaz que conduzia: Para aí tio! Por um instante consegui rir, depois de tanta tensão. As meninas ajudaram ela a descer e ela se posicionou a frente do tapete vermelho. Olhei para ela e meus olhos se encheram de lágrimas. Que emoção! Era ela minha filhota, O FRUTO DO NOSSO AMOR, trazendo o símbolo maior do matrimônio, e tudo era VERDADE! Ela estava linda!!!!!! A orquestra então parou de tocar e começou a tocar Ave Maria, a voz feminina era maravilhosa e sublime, e em passinhos de fada entrava Ana Clara, apertando os lábios um contra o outro. Eu não conseguia parar de olhar para ela e como havíamos combinado, abri um sorriso e fiz com as mãos um sinal de legal! Aí ela abriu um sorrisinho breve mais que me amoleceu o coração, olhei para o Luciano e falamos juntos, Ela está linda! Ela veio em nossa direção e entregou o bouquet com as alianças ao pastor Salomão, logo em seguida o pastor benzeu as alianças e nos posicionamos um frente ao outro para então fazermos os votos. O Pastor Salomão falava e o Luciano repetia, lindas as palavras! Em seguida foi a minha vez. A voz tremula mais engatei uma prmeira e consegi repetir tudo bem direitinho. Assim que acabamos começou a tocar... Ah! Essa parte conto no próximo post, foi para mim o momento único da Cerimônia, então para fazer um suspense e vocês voltarem conto no próximo. Prometo voltar rápido!